know-how: Aprenda a maximizar o conhecimento
Carreira

13 de fevereiro de 2023

Última atualização: 14 de abril de 2023

Know-how: Aprenda a maximizar o conhecimento

Você já ouviu falar sobre o termo know-how? Se você está inserido no mundo corporativo, provavelmente já ouviu falar sobre isso em algum momento. Apesar de comum, muitos ainda não sabem o que significa.

Na verdade, o termo em inglês não é tão complexo, mas as pessoas acabam se confundindo na hora de usá-lo no dia a dia. Além de saber como colocá-lo em uma conversa, também é importante entender o que é e sua importância.

E é exatamente sobre isso que iremos falar neste artigo! Quer saber o que é know-how e como isso pode te ajudar a desenvolver o seu lado profissional no mercado de trabalho? Leia até o final para descobrir. 

O que significa Know-How?

Então, primeiramente, o que seria o know-how? O termo em inglês quer dizer “saber fazer” ou “saber como”. De modo geral, esse conceito fala sobre a expertise empresarial de um colaborador ou da empresa como um todo. 

O termo vem sendo cada vez mais usado no dia a dia entre as empresas, pois essa palavra tem muito a dizer!

Uma companhia ou colaborador que tenha know-how de algo é sinônimo de que ela conhece muito bem essa determinada coisa. Vale dizer que é um conceito amplo, que pode ser aplicado em produtos, serviços, qualidade etc. 

Já um colaborador que possua know-how tem a expertise em fazer algo que não é tão simples assim. 

É algo extremamente associado à prática. Por exemplo, uma empresa que atua na área de moda, necessariamente possui know-how nisso? Na verdade, não.

Uma pessoa com título de engenheiro civil, realmente tem know-how para realizar atividades ligadas a isso? A resposta é não. 

Exemplo de Know-How

Para entender melhor o que é know-how, uma das formas mais simples é trazendo exemplos.

Então, por exemplo, uma empresa está precisando contratar um técnico de TI para trabalhar com segurança empresarial. Contratar um colaborador só porque ele é formado na área não é suficiente, ele precisa ter know-how no segmento de tecnologia de segurança.

Ou seja, ele precisa conhecer na prática como tudo isso funciona, já ter trabalhado com isso e ter um conhecimento além daquilo que encontramos nos livros.

É muito semelhante ao conceito de expertise. O profissional que possui know-how saberá resolver problemas com maior facilidade e de uma forma mais fluida.

Pensando em uma empresa de serviços, por exemplo, é comum buscarmos as mais tradicionais e com boa fama no mercado, não é mesmo? Na verdade, você está em busca de uma empresa que tenha know-how naquilo que ela se propõe a fazer.

No mundo corporativo, tanto pensando no colaborador individual quanto na empresa, o saber fazer é muito importante e traz grande diferencial – algo que é primordial considerando a grande concorrência em qualquer nicho de mercado.

Qual a importância do Know-How?

Já fica um pouco mais claro, assim, o que é know-how e como isso tem importância se tratando do mundo corporativo (e até mesmo em coisas do nosso dia a dia pessoal).

Agora, veja como o know-how faz diferença para as empresas e, também, para os colaboradores de forma individual:

Empresas

Uma empresa que possui know-how em algo agrega muito mais valor àquilo que ela está oferecendo. 

Um exemplo seria uma empresa de cosméticos que tem excelente conhecimento em determinada tecnologia revolucionária, além de trabalhar com fórmulas convencionais eficazes.

Muito provavelmente ela é reconhecida no mercado como uma das empresas com maior know-how do ramo.

As consequências? Maior valor agregado ao produto, maior confiança dos consumidores, visão de autoridade no mercado... Tudo isso chega ao resultado que todos desejam: maior lucratividade.

E tudo isso, no caso da empresa, está relacionado com os produtos de qualidade que ela coloca no mercado. 

Colaboradores

Do lado dos colaboradores, aqueles que possuem know-how sobre alguma técnica são muito mais valorizados.

Por exemplo: um engenheiro civil que já tenha trabalhado à frente de muitas obras prediais, com certeza tem know-how nesse segmento.

Ele também será visto como referência e as empresas desejam ter esse tipo de colaborador porque ele tem a capacidade de resolver problemas e de agregar maior segurança/qualidade aos projetos.

Outra característica é realizar os trabalhos com mais fluidez, mesmo quando algo diferente do planejado acontece. Muitos problemas são resolvidos e o gestor ou diretor nem ao menos fica ciente deles.

É um profissional que possui maiores atrativos e normalmente é disputado pelas empresas. 

Dicas para desenvolver o Know-How profissional

know-how não é algo intrínseco do indivíduo, muito pelo contrário, é adquirido com o tempo. Se você deseja ser um profissional de sucesso no mundo corporativo, buscar por essa expertise é essencial.

Vale ressaltar que faculdades são muito importantes, mas, na prática, as empresas costumam necessitar de skills que vão além daquilo que você aprende em sala de aula.

Ou seja, se você deseja construir um conhecimento sólido em algo, como uma técnica, é preciso buscar por isso.

A seguir você confere algumas dicas para adquirir mais conhecimento e ir construindo a experiência naquilo que você deseja. 

Leitura

O simples ato de ler já irá te ajudar a criar mais expertise em um assunto. Nesse caso, as leituras precisam ser mais direcionadas para que, de fato, seja algo que possa ser aplicado na prática.

A leitura é o primeiro passo para, depois, você colocar aquilo que leu em prática. E é da prática que você começa a ganhar mais expertise naquilo, para no futuro poderem dizer “ele tem know-how suficiente para tocar esse projeto”, por exemplo. 

Cursos e treinamentos

Os cursos e treinamentos são uma das formas mais assertivas de ganhar conhecimento em algo. Isso porque é possível ter uma visão mais prática de como as coisas acontecem, além de poder tirar dúvidas.

O mesmo dito da leitura é válido aqui: é importante realizar cursos mais específicos se deseja adquirir experiência em uma técnica ou processo. 

Também é mais interessante optar por cursos ou treinamentos que promovam a interação entre alunos e com o professor, pois a troca de ideias leva à troca de experiências, o que é excelente.

Dica:

Com a Assinatura FM2S, você tem acesso a um leque de formações, certificações e MBA, lidando com Lean, Seis Sigma e muito mais. Com uma metodologia voltada para a prática, você poderá aprender ferramentas importantes para desenvolver a sua carreira!

Assinatura de cursos FM2S

Networking

O Networking é um momento em que você realiza conexões com outras pessoas. 

Nesse momento, você pode entrar em contato com pessoas que tenham expertise naquilo que você deseja se aprimorar. 

Além dos ensinamentos que podem ser aprendidos em uma conversa informal, há a possibilidade de boas indicações de cursos, treinamentos e coisas do gênero. 

Experiências 

E, claro, tenha o máximo de experiência possível em um assunto. Muitas vezes, um pequeno estágio pode te dar o conhecimento necessário para se tornar autoridade em determinado processo.

Não deixe que as possibilidades de experiência prática passem batido, pois é com elas que você mais irá aprender para realmente ter o know-how sobre algo.

Enfim, de modo geral, o know-how é um conjunto de conhecimentos e habilidades que uma empresa ou colaborador podem ter que pode ser aplicado na prática.

Essa expertise possibilita resolver problemas de forma mais rápida e inteligente, além de se tornar uma peça diferenciada no mercado de trabalho.

A importância do Know-Why para o Know-How

O know-how e o know-why são conceitos complementares quando se trata da aprendizagem e desenvolvimento de habilidades.

Enquanto o know-how é o conhecimento prático, como visto neste artigo, o know-why é a compreensão das teorias, princípios e conceitos por trás de uma habilidade prática. Ou seja, é o domínio da teoria de um conhecimento prático

Esse conhecimento que você pode adquirir com cursos, treinamentos, leitura etc, é fundamental para uma prática, um know-how, mais informado. Com uma base teórica forte, você se torna capaz de tomar decisões bem informadas, se adaptar com mais facilidade, inovar e até mesmo passar seu conhecimento à diante. 

Importante lembrar que o know-why alcança seu potencial máximo somente se atrelado ao know-how, fortalecendo suas habilidades, tanto profissionais quanto pessoais. Teoria sem prática, afinal, é apenas especulação. 

E aí, você tem o know-how necessário para fazer aquilo que você deseja? Se não, não deixe de seguir as dicas para melhorar suas habilidades!

Leia mais:

Augusto Fontoura

Augusto Fontoura

Estudante de Engenharia de materiais na UEPG (Universidade Estadual de Ponta Grossa), atua no setor de marketing da FM2S