feedback
Gestão de Pessoas

23/10/2023

Última atualização: 14/11/2023

Feedback Negativo: o que é, exemplos e como receber

O feedback é uma ferramenta essencial no mundo profissional e pessoal. Ele nos permite entender como estamos indo, identificar áreas de melhoria e alcançar nosso potencial. 

No entanto, há um tipo de feedback que muitas vezes é evitado, temido e até mal compreendido: o Feedback Negativo.

Confira neste artigo, por que o Feedback Negativo é fundamental para o crescimento e como você pode abraçá-lo, transformando desafios em oportunidades.

Feedback Negativo: O que é e o que não é?

O Feedback Negativo é uma parte importante da comunicação no ambiente de trabalho e na vida em geral. 

É quando alguém nos diz o que estamos fazendo de errado ou de maneira inadequada. Embora possa ser difícil de ouvir, o Feedback Negativo não deve ser encarado como algo ruim. Pelo contrário, é uma oportunidade valiosa de crescimento pessoal e profissional.

Quando alguém nos dá Feedback Negativo, pode ser sobre nosso desempenho no trabalho, nosso comportamento ou nossas ações. O objetivo é nos fazer perceber que algo não está funcionando como deveria e nos dar a chance de melhorar. 

Pense nisso como um guia que nos ajuda a corrigir erros e a nos tornar melhores no que fazemos.

No entanto, receber Feedback Negativo nem sempre é fácil. 

Pode fazer com que nos sintamos mal ou defensivos. Mas é importante lembrar que a intenção por trás do Feedback Negativo geralmente é ajudar, não prejudicar. Quem o fornece deseja que tenhamos sucesso e sejamos melhores.

ebook empatia no trabalho

Como funciona o Feedback Negativo?

O Feedback Negativo é uma ferramenta poderosa na comunicação, pois permite que as pessoas expressem preocupações e críticas construtivas de maneira eficaz. Para entender como o Feedback Negativo funciona, é importante observar o processo.

Tudo começa quando alguém identifica um problema, uma preocupação ou um comportamento que precisa ser abordado. Esta pessoa se comunica de forma direta e honesta com a pessoa envolvida, destacando claramente os comportamentos ou ações que causaram a preocupação.

A pessoa que recebe o Feedback Negativo desempenha um papel crucial ao ouvir atentamente e mostrar empatia em relação às preocupações apresentadas. Manter uma mente aberta, mesmo quando o feedback é difícil de aceitar, é essencial.

Após receber o feedback, a pessoa deve entender as preocupações levantadas e refletir sobre o comportamento ou a situação em questão. Se houver algo no feedback que não está claro, perguntas podem ser feitas para obter esclarecimentos.

A próxima etapa envolve decidir como responder ao feedback. Isso pode incluir ações para corrigir o problema, fazer mudanças ou explicar sua perspectiva. O objetivo é resolver a preocupação de maneira construtiva.

O Feedback Negativo é, acima de tudo, uma oportunidade de aprendizado e melhoria. A pessoa que recebe o feedback pode usar as informações para aprimorar seu desempenho, relacionamento ou comportamento. Isso beneficia a todos os envolvidos.

Quando o Feedback Negativo é tratado de maneira construtiva, os relacionamentos podem ser fortalecidos. A comunicação honesta e aberta desempenha um papel fundamental na construção de relacionamentos saudáveis.

Como dar um Feedback Negativo?

Dar um Feedback Negativo pode ser desafiador, mas é uma habilidade importante em diversos contextos, incluindo o ambiente de trabalho e relacionamentos pessoais. Aqui está um guia sobre como dar um Feedback Negativo de maneira eficaz:

1. Escolha o momento adequado

Encontre o momento certo para fornecer o feedback. Privacidade e um ambiente adequado são essenciais para que a pessoa se sinta à vontade para ouvir.

2. Seja específico

Seja claro e específico sobre o que está incomodando ou precisa de melhoria. Use exemplos concretos para ilustrar seus pontos.

3. Use "Eu" em vez de "Você"

Evite acusar a pessoa. Em vez de dizer "Você sempre atrasa as reuniões", diga "Eu tenho notado que as reuniões têm começado atrasadas recentemente".

4. Seja construtivo

Forneça sugestões para melhorias. Diga como a situação pode ser aprimorada e ofereça suporte para ajudar a pessoa a alcançar essas melhorias.

5. Mantenha a calma e seja empático

Mantenha a calma durante a conversa. Mostre empatia e compreensão em relação aos sentimentos da outra pessoa.

6. Ouça atentamente

Dê à pessoa a oportunidade de responder e ouvir o que ela tem a dizer. Pode haver informações valiosas do outro lado.

7. Evite generalizações

Evite usar palavras como "sempre" ou "nunca". Em vez disso, foque em comportamentos específicos e situações.

8. Seja direto, mas gentil

Seja direto e honesto, mas faça isso de uma maneira respeitosa. Não torne a conversa pessoal ou insultante.

9. Enfatize o crescimento

Lembre à pessoa que o objetivo do feedback é o crescimento e a melhoria, não a crítica destrutiva.

10. Acompanhamento

Após dar o feedback, acompanhe o progresso da pessoa e esteja disponível para responder a perguntas ou fornecer suporte adicional, se necessário.

E como posso usar o Feedback Negativo para crescimento profissional?

O Feedback Negativo pode ser uma ferramenta valiosa para nosso crescimento, embora possa ser difícil de lidar. 

A chave para usá-lo com sucesso está em como o recebemos e respondemos. Transformar o Feedback Negativo em positivo depende apenas de como você irá interpretar e agir com base no Feedback Negativo que já recebeu.

Primeiramente, é essencial manter a mente aberta. Quando alguém nos oferece Feedback Negativo, precisamos estar dispostos a ouvir e considerar o que estão dizendo. Ninguém é perfeito, e o feedback pode nos ajudar a melhorar.

Além disso, é fundamental não levar o feedback para o lado pessoal. Lembre-se de que o feedback se refere ao nosso comportamento ou desempenho em uma situação específica, não à nossa identidade como pessoa.

Ouvir com empatia é outra peça-chave. Devemos prestar atenção ao feedback e tentar compreender o ponto de vista da pessoa que o está dando. Ter empatia nos ajuda a entender as intenções por trás do feedback.

Fazer perguntas para esclarecer é uma prática útil. Se algo no feedback não estiver claro, não hesite em pedir esclarecimentos. Isso mostra nosso compromisso em entender e melhorar.

Agradecer pelo feedback, seja ele positivo ou negativo, é uma demonstração de que valorizamos a opinião dos outros. Reconhecer a pessoa que ofereceu o feedback é importante.

Depois de receber o feedback, é hora de refletir e analisar. Pergunte a si mesmo como você pode aplicar as sugestões e fazer mudanças positivas com base no feedback.

Estabelecer metas de melhoria é um próximo passo. Use o Feedback Negativo como base para definir metas claras e específicas relacionadas às áreas destacadas no feedback.

Finalmente, monitore seu progresso à medida que trabalha para melhorar. Avalie regularmente suas ações e faça ajustes conforme necessário. 

Lembre-se de que o Feedback Negativo não é um sinal de fracasso, mas uma oportunidade de crescimento. Usá-lo de forma construtiva pode levar a melhorias significativas em sua vida pessoal e profissional.

Veja um exemplo de Feedback Negativo e como usá-lo

Você acabou de sair de uma RPD (reunião de planejamento diário) e apresentou um relatório que você tinha confiança de que estava excelente, mas logo após a reunião, seu supervisor te chamou para conversar e disse o seguinte:

"Seu relatório apresenta várias lacunas significativas que comprometem a qualidade do trabalho. A falta de clareza na estrutura torna difícil seguir a lógica de sua argumentação. Além disso, as fontes de referência são inadequadas, e há várias afirmações que não são sustentadas por evidências sólidas. É evidente que mais esforço e pesquisa são necessários para elevar o padrão deste trabalho a um nível aceitável."

A princípio o Feedback Negativo pode parecer algo ruim e que seu trabalho não tenha sido reconhecido, mas não é assim que funciona.

Receber Feedback Negativo pode ser desafiador, mas é uma oportunidade valiosa para o crescimento profissional. 

O feedback que recebeu oferece insights específicos sobre áreas que precisam de melhoria e é isso que você precisa usar a seu favor para continuar evoluindo. 

Aqui estão algumas considerações sobre como aproveitar esse feedback para seu desenvolvimento profissional:

Aceitação e Resiliência:

Primeiramente, é fundamental encarar o Feedback Negativo com uma mentalidade construtiva. Isso significa não levar o feedback para o lado pessoal, mas sim reconhecê-lo como uma oportunidade de aprendizado. Aceitar o feedback com resiliência é o primeiro passo para o crescimento profissional.

Identificação de Áreas de Melhoria:

O feedback apontou três áreas específicas que requerem atenção: a falta de clareza na estrutura, a inadequação das fontes de referência e a falta de evidências sólidas para sustentar as afirmações. Identificar essas áreas de melhoria é crucial para direcionar seus esforços de desenvolvimento.

Estabelecimento de Metas Claras:

Com base nas áreas identificadas, estabeleça metas de melhoria específicas. Por exemplo, você pode definir metas como melhorar a organização da estrutura do seu trabalho, aprimorar a pesquisa de fontes de referência mais relevantes e confiáveis, e garantir que todas as afirmações sejam respaldadas por evidências sólidas. Ter metas claras ajuda a manter o foco em seu desenvolvimento.

Desenvolvimento de Habilidades:

Para atingir suas metas de melhoria, pode ser necessário desenvolver habilidades específicas. Isso pode envolver aprimorar suas habilidades de redação, pesquisa, organização de informações e análise crítica. Considere participar de cursos, workshops ou buscar orientação de profissionais experientes na sua área de atuação.

Revisão e Aprimoramento:

Volte ao seu relatório e aplique as melhorias necessárias com base nas metas estabelecidas. Isso pode envolver uma revisão detalhada da estrutura, a busca por fontes de referência mais adequadas e a inclusão de evidências sólidas para sustentar suas afirmações. A revisão contínua e o aprimoramento do seu trabalho são essenciais para alcançar um nível de qualidade aceitável.

Solicitação de Feedback Adicional:

Ao trabalhar em suas melhorias, busque feedback adicional de colegas, mentores ou especialistas na sua área. Isso proporciona uma perspectiva externa valiosa e pode ajudar a identificar áreas adicionais de aprimoramento.

Aprendizado Contínuo:

O processo de utilizar Feedback Negativo para o crescimento profissional não se limita a uma única situação. É um ciclo contínuo de aprendizado e desenvolvimento. Lembre-se de que o crescimento profissional é um caminho constante de aprimoramento.

O Feedback Negativo não é um inimigo, mas um aliado em nossa jornada de crescimento e sucesso. Quando encaramos o Feedback Negativo com uma mentalidade aberta, ele se torna uma ferramenta poderosa para identificar áreas de melhoria e atingir nosso potencial máximo. Portanto, abrace o Feedback Negativo e transforme desafios em oportunidades. O crescimento está ao alcance de todos que estão dispostos a ouvir, aprender e evoluir.

Leia Mais:

Alexandre Queiroz

Alexandre Queiroz

Alexandre Mazzini, aluno da UNICAMP em Tec. Controle Ambiental. Especialização em Mídias Sociais e SEO, atua no setor de marketing da FM2S como redator para conteúdo web e analista SEO para blogs.